sábado, 30 de abril de 2011

Santos bate São Paulo no Morumbi e está na Final do Paulistão 2011

O Santos bateu o São Paulo em pleno Morumbi por 2 x 0 e se classificou para a final do Paulistão 2011.

Foi um belo jogo com as 2 equipes buscando muito a marcação no meio de campo.

No primeiro tempo, o São Paulo foi mais ofensivo e, dos 30 minutos em diante, foi superior ao time da vila.
O problema do time é que falta um definidor, aquele jogador que faz o gol na hora que o time cria as jogadas. Isto ficou nítido por 2 vezes no final do primeiro tempo. Dagoberto tem feito gols, mas não é matador. Marlos, Ilsinho, Casemiro, etc não sabem fazer gols. O normal é eles perderem gols e isto custou caro ao São Paulo no segundo tempo.

Voltando do intervalo, Muricy fez uma substituição estranha e, ao meu ver, errada. Tirou o centroavante Zé Love (que fazia uma péssima partida novamente) e colocou o zagueiro Bruno Aguiar.
Apesar do Santos ter ganho a partida no segundo tempo, (e após esta substituição) com a disposição tática montada pelo Muricy chamava o time tricolor para sua área. Dava campo para o São Paulo. Esta tática só daria certo se o Carpegiani cometesse o erro que cometeu. Este erro custou-lhe a partida e o domínio do meio de campo. Carpegiani tirou Casemiro (que estava bem no jogo) para colocar Fernandão como centroavante.
O correto era tirar um dos 3 zagueiros e colocar o Fernandão, abrir Dagoberto pela direita e Marlos pela esquerda. Assim, abriria a defesa santista e colocaria muita velocidade no ataque com um definidor no meio. O Santos teria que ficar na defesa e não teria tanta força ofensiva. Com a saída do Casemiro, um buraco ficou no meio de campo do São Paulo e Ganso e Elano deitaram e rolaram sem nenhuma marcação.

Para agravar o erro, Carpegiani tirou Marlos e colocou Rivaldo. O time perdeu toda a mobilidade e os 3 zagueiros ficavam marcando apenas o Neymar. Juan foi um inútil em campo já que não atacou e nem marcou ninguém. Para que mantê-lo no jogo?

Repito, não achei a substituição do Muricy correta. Achei-a muito parecida com a disposição que o Mourinho usou contra o Barcelona e só deu certo porque o Carpegiani errou feio nas suas substituições. A substituição correta do Santos seria a saída do Zé Love e a entrada do Adriano como primeiro volante avançando o Artouca (Segundo volante) e o Danilo. Elano jogaria no ataque ao lado do Neymar. esta seria, para o momento do jogo, a melhor substituição.

De toda forma, o Santos é finalista e espera pelo vencedor de Palmeiras x Corinthians.

Meu palpite: Santos x Palmeiras na final.

Um comentário:

  1. Rafhael T. Calegari1 de maio de 2011 02:13

    Pois é Helio, perfeita sua análise. O Carpa todo jogo tira o Casemiro, incrível a implicância com ele. Nesse jogo custou o meio de campo e a derrota do SPFC.
    E a insistência com o Juan já é caso de CPI, o cara em 5 meses não tem um jogo bom sequer.

    De toda forma o Santos era mais time que o SPFC, ainda mais com os nossos desfalques (Lucas e Rodolpho), aí virou covardia.

    Agora que a água bateu na bunda o idiota do Carpa correu pra dizer que o Luis Fabiano joga quarta. Tenho quase certeza que no começo do Brasileiro vamos estar com novo técnico. O duro é que é certeza que nosso presidente bêbado vai conseguir contratar uma tranqueira ainda pior.

    Parabéns pela classificação.

    ResponderExcluir